Aumento peniano: aumentar o tamanho do pênis é realmente possível

Aumento peniano: aumentar o tamanho do pênis é realmente possível

Aumentar o tamanho do pênis é possível! Ao menos, é o que dizem alguns especialistas. Atualmente, os métodos propostos para realizar o aumento peniano são evoluídos e menos traumáticos. Sem serem miraculosos, é claro.

Aumento peniano: cirurgia reparadora ou estética

As cirurgias de aumento peniano têm se desenvolvido com o passar de 7 ou 8 anos, sob o impulso de cirurgiões especialistas. É importante lembrar que há dois casos distintos: em alguns pacientes, a cirurgia visa corrigir o micropênis. Isto é, quando a cirurgia é chamada de reparadora”. Neste caso, o pênis apresenta, além da dimensão, problemas funcionais. Ou então, o órgão sexual do homem requerente é perfeitamente normal e a intervenção é feita através de cirurgia plástica. Este segundo tipo de paciente simplesmente quer aumentar o tamanho do pênis para um efeito estético: é o que chamamos de “síndrome do vestiário”, trata-se da mesma situação de uma mulher que deseja aumentar os seios através de cirurgia plástica, por exemplo.

Aumento peniano: Alongar ou engrossar, você escolhe!

O que fazer para alongar e quais são os resultados?

Os ligamentos que conectam o osso púbico ao corpo cavernoso são cortados (sob anestesia geral). Isso faz com que o pênis flácido ganhe 2cm em média (de acordo com um estudo feito em cadáveres), sabendo que o resultado varia entre os pacientes. Os efeitos estéticos, geralmente, são positivos. A ereção, por outro lado, se torna instável em cerca de 1 em cada 5 casos. Atenção! O tamanho do pênis ereto não aumenta.

Implantar uma prótese peniana semi-rígida: trata-se de uma intervenção reservada aos micropênis, que permite, além de ganhar alguns centímetros, a restauração da ereção. Ela é introduzida no corpo cavernoso.

O que fazer para engrossar e quais são os resultados?

Para engrossar, é possível retirar gordura de outra parte do corpo (do abdômen, por exemplo) através de uma mini-lipoaspiração (com anestesia local) e reinjetá-la sobre toda a extensão do pênis ou aplicar o PMMA, um produto sintético que não será absorvido pelo organismo, de forma homogênea. O aumento peniano nesse tipo de intervenção chega a até 5cm de circunferência. A cirurgia não afeta a ereção.

Leia também: Como aumentar o pênis de verdade

O que pensar das intervenções de aumento peniano?

Especialistas da Associação Francesa de Urologia afirmam que estas intervenções não são medicamente validadas. “Ainda não existem estudos científicos rigorosos feitos nos pacientes submetidos a tais procedimentos para saber se os resultados foram completamente satisfatórios”. Além disso, não se sabe se as cirurgias são ou não suscetíveis de modificar, a longo prazo, as capacidades de ereção.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *