Conheça os diferentes tipos de colágeno

Conheça os diferentes tipos de colágeno

Quem nunca ouviu alguém comentar: “Quer ficar bonita e saudável? Tome colágeno!”. Além de dar firmeza e elasticidade à pele, essa proteína participa ativamente da construção e constituição dos ossos, músculos, cartilagens, cabelos e unhas. Sem esquecer, é claro, que ajuda a evitar as temidas rugas, por isso os benefícios do colágeno para a saúde e beleza são tão conhecidos. Aliás, você sabia que ele representa cerca de 25% de toda proteína que existe em nosso corpo e sua função é dar sustentação às células, deixando-as firmes e juntas?
Apesar de ser produzido naturalmente pelo organismo, a partir dos 25 anos a produção de colágeno cai e sua falta começa a ser percebida. De acordo com a dermatologista Flávia Caldas, o corpo dá alguns sinais quando sente falta de alguns nutrientes, como as proteínas, dentre elas o colágeno. “Quando os cabelos e as unhas começam a quebrar e cair, pode ser um indicativo de que o organismo está com déficit da proteína e precisamos procurar um médico”, explica a especialista.
Contudo, não acredite que colágeno tipo 3 e 1 é só assunto de beleza. Também tem papel importante na saúde, principalmente na locomoção. “Ele é fundamental para o funcionamento das cartilagens, que permite que o corpo se movimente. Sem essa cartilagem um osso encostaria no outro, impossibilitando a movimentação”, conta a nutricionista Débora Simão.

Leia Também:Colágeno tipo 3 e 1

tipos de colágeno
Em 2015, o Brasil passou a ocupar o posto de terceiro maior mercado consumidor de produtos ligados à beleza, atrás dos EUA e China. Visando um público cada vez mais preocupado com a aparência e a saúde, os fornecedores de colágeno lançaram diversos tipos de suplementos, cada vez mais aperfeiçoados, que buscam melhorar a ingestão e absorção da proteína, estimulando a produção natural de colágeno em locais que o corpo necessita. Hoje encontramos colágeno em diversas formas, como cápsulas, pó e líquido. Mas, será que você realmente sabe que tipo de colágeno está consumindo? Entenda a diferença entre eles:

Colágeno hidrolisado: passa por um processo de hidrólise, ou seja, é quebrado em partículas menores para ser absorvido mais facilmente e ter melhor aproveitamento pelo organismo.

Colágeno tipo 2: é o mais abundante nas cartilagens. Apesar de ser difícil de encontrar, existem alguns suplementos que contêm uma fórmula para aumentar sua produção. Para quem tem problemas nas cartilagens e articulações, é bom apostar nele.

Pepto colágeno: é um colágeno altamente hidrolisado, que chega aos peptídeos de colágeno (conjunto de aminoácidos), ou seja, moléculas ainda menores e de mais fácil absorção. Diversos estudos apontam que o colágeno na forma de peptídeos possui benefícios potencializados

Add a Comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *